No último dia 4, sexta-feira, o Brasil inteiro ficou entristecido com a notícia de que um jovem portador de necessidades especiais, não teria recebido seu triciclo adaptado, um presente de Whindersson Nunes.

Foto:Reprodução

Empresário que faria o triciclo conversa com a UOL

Acontece que há 1 ano atrás, André Nunes Nachtigall, comentou uma postagem do youtuber no Facebook, ele disse:

“Cara eu tô fazendo uma campanha para arrecadar dinheiro para comprar um triciclo adaptado para eu ir pra faculdade sozinho e queria saber se tu pode me dar uma força na divulgação, abraço”.

O famoso respondeu prontamente ao comentário: “Onde é que tem esse troço moço, nois compra agora!”.

Foto:Reprodução

O humorista doou uma quantia para que o triciclo fosse adaptado e a Honda doou uma moto, porém, depois de 1 ano de espera, ele não foi entregue, e segundo informações do UOL, ninguém estava conseguindo fazer contato com o empresário que recebeu o valor para fazer a adaptação dele.

Diante disso, a notícia ganhou grande repercussão nas redes sociais e a UOL conseguiu contato por telefone com o proprietário da empresa que se identificou como Márcio. Ele reconheceu o grande atraso na entrega do produto, mas alegou não ser uma pessoa desonesta. Veja como foi a conversa entre o UOL e o empresário.

“Não somos bandidos, mas se deu a entender que temos a intenção de pegar o dinheiro e não entregar, isso é uma inverdade. Simplesmente, não tenho condições de devolver. Estamos atravessando por uma dificuldade, como qualquer microempresa que foi afetada pelo maldito governo, desde o PT. Estamos imobilizados por falta de capital”.

Embora ele tenha recebido o pagamento no valor de R$ 25 mil, alegou que no momento não possui condições de devolver o valor e que enfrenta dificuldades. Em sua argumentação, ele culpou o governo petista, alegando que ele seria o culpado por sua crise.

Whindersson doa novo triciclo adaptado ao fã e UOL conversa com jovem que não recebeu seu produto

“Whindersson e a Honda pagaram a ele tudo direitinho e ele sumiu, não imaginava que ele fosse assim”, lamentou o rapaz de 24 anos.

Embora ele já tenha antecipado que não tem condições de devolver o valor, já foram tomadas medidas para que o garoto não fique sem seu produto, Whindersson deu outro a ele e a intenção agora é tomar cuidados redobrados para que dessa vez ele realmente receba o seu triciclo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here