Fonte: Reprodução

Após noticiar detalhes íntimos envolvendo a vida da atriz mirim do SBT, Larissa Manoela, a jornalista Fabíola Reipert, grande nome da RecordTV, precisou se explicar na justiça.

Considerada um dos principais nomes da teledramaturgia brasileira da atualidade, a atriz, Larissa Manoela, de apenas 17 anos é tida como uma das artistas mais influentes entre o público jovem do país. Ela, que mesmo com a pouca idade coleciona uma série de trabalhos na televisão e nos palcos, já é dona de um currículo de peso e vê a cada dia seu nome ganhar mais força e reconhecimento nos meios de comunicação.

Fonte: Reprodução

Famosa por suas atuações, bem como por seu talento e beleza estonteante, Lari, como é carinhosamente chamada por seus amigos, fãs e familiares, conta também com um extenso currículo de affairs, o que por diversas vezes deu margem para notícias fantasiosas divulgadas pela mídia.

Jornalista insinua que Larissa Manoela estaria grávida

Fazendo questão de manter uma relação bastante próxima de seu público, a atriz busca sempre levar uma vida aberta e não esconder seus sentimentos.

Ela, que aos 12 anos de idade assumiu publicamente seu primeiro namoro, com o também ator do SBT, Thomaz Costa, com quem atuou em “Carrossel”, viveu outros romances ao longo da adolescência.

Fonte: Reprodução

Muito extrovertida e fazendo questão de estampar sua felicidade e entrosamento ao lado de seus respectivos namorados, no ano de 2016, Lari virou notícia ao ter uma suposta  gravidez anunciada publicamente pela jornalista, Fabíola Reipert.

Fabíola Reipert paga caro por anunciar suposta gravidez de Larissa Manoela

A notícia, dada em primeira mão por Reipert, agitou os fãs da atriz, que chegaram a se assustar com o provável fato de Lari estar grávida de João Guilherme Ávila, aos 14 anos de idade.

Inconformados com a exposição sofrida pela filha, os pais da atriz entraram com uma ação judicial por danos morais contra a jornalista, solicitando da parte ré, a quantia de R$200 mil.

Fonte: Reprodução

Indo a julgamento, o episódio chegou ao fim nesta quinta-feira (01), quando a Juíza de Direito, Tonia Yuka Kôroku, da 13ª Vara Cível de São Paulo, condenou Fabíola Reipert a pagar uma indenização no valor de R$30 mil à Larissa Manoela, por difamar sua imagem com inverdades capazes de manchar sua honra.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here